Editora @jovens_escribas lança ‘A noite que nunca acaba’ de @Cfialho nesta 5 feira.

A Editora Jovens Escribas promoverá mais um lançamento em Natal na próxima quint-feira, 17. O livro “A noite que nunca acaba” (contos) do potiguar Carlos Fialho terá a companhia de mais dois convidados de outra editora, o paulistano Antonio Prata e o carioca Gregório Duviver com as obras “A “Trinta e poucos” (crônicas) e Caviar é uma ova (crônicas), respectivamente.livro-fialho

O lançamento começa às 18h, no Solar Bela Vista, mas,  um pouco antes, pelas 17h,  os três escritores da literatura brasileira estarão num rápido bate-papo com os leitores sobre os livros e suas crônicas, aberto a quem quiser assistir. Imperdível!

O autor Carlos Fialho @ofiasco

Quando, em 2011, o autor Carlos Fialho, mais conhecido pela publicação de crônicas, lançou um livro de bolso chamado “Uns contos de Natal” na qual apresentava duas histórias divididas em duas partes cada, ficou com uma sensação de que aquelas narrativas não estavam acabadas. Ambas mereciam ser concluídas com um desfecho, compondo trilogias de contos. Foi essa motivação que levou o autor a revisitar aqueles textos e escrever continuações que terminaram por se tornar mais extensas que as primeiras partes somadas, explorando todo o potencial narrativo daquelas ficções passadas numa Natal que só existe na imaginação do cronista/contista. O resultado é um livro de 240 páginas que traz histórias fantásticas de assassinato e uma epidemia zumbi em plena Natal que ora conhecemos, assim como as consequências para nossa sociedade de ambas as situações extremas.

Sinopse dos 7 contos de “Aquela Noite que Nunca Acaba”:

Uma série de assassinatos de estrangeiros que chegaram à cidade para usufruir dos serviços sexuais prestados por menores de idade; a implicação de um grupo de jovens em crimes bárbaros praticados nos anos recentes; a trajetória de uma menina que acabou morta ao tentar sair da prostituição; uma epidemia avassaladora provocada por um vírus haitiano transforma a outrora pacata cidade para todo sempre; um grupo de sobreviventes tenta superar uma situação de confinamento; uma mulher e um homem que tentam viver na traumatizada cidade pós-apocalíptica que lhes foi legada; um homem que prefere enxergar a vida com outros olhos. Histórias que têm ou não relação entre si, narrativas construídas com porções de fantasia e toques de mórbido absurdo, baseadas no impulso de contar uma realidade possível, ainda que pouco provável.

 

Sobre o Autor:

Carlos Fialho tem se notabilizado pela escrita de crônicas, havendo publicado centenas de textos do gênero em jornais, revistas, portais, blogs e reunindo muitos deles em livros que saíram pela Editora Jovens Escribas. No ano de 2011, lançou o livro de contos “Uns contos de Natal” (edição esgotada), demonstrando versatilidade de repertório em sua escrita. As histórias imaginadas para um mundo paralelo em que assassinos em série e zumbis aterrorizaram a cidade hoje conhecida como Natal evoluíram para as narrativas trazidas neste novo livro, “A noite que nunca acaba”. Além desta, outras publicações do autor encontram-se disponíveis nas livrarias: “Crônicas na Escola”, “As Maiores Mentiras do Verão” e “Não basta ser playboy. Tem que ser DJ!”.

 

 

 

Tags:, , , ,