Especialização em Direito da Inovação Tecnológica é a mais nova pós-graduação do Instituto Metrópole Digital. Inscrições até 15/03.

A seleção para ingresso na mais nova pós-graduação do Instituto Metrópole Digital (IMD), a Especialização em Direito da Inovação Tecnológica, recebeu prorrogação no seu prazo de inscrições. Com a mudança, os interessados têm até o dia 15 de março para se inscrever.

São 44 vagas, sendo quatro para servidores públicos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). De acordo com o professor e coordenador da especialização, Elias Jacob de Menezes, a pós-graduação pode ser cursada por profissionais de Direito ou de cursos relacionados à área de Tecnologia da Informação (TI).

“Tanto pessoas formadas em Direito como em Tecnologia podem fazer a especialização. Apesar do curso ser voltado para os formados em Direito, profissionais de TI podem adquirir conhecimentos úteis sobre como empreender sem se deparar com entraves jurídicos”, comenta o professor.

A proposta de criação do curso surgiu de uma demanda da área jurídica, como explica o coordenador. “A criação de novas tecnologias proporcionou o surgimento de casos judiciais complexos. Esse curso serve para que os profissionais sejam capazes de interpretar, entender, julgar e facilitar a inovação em TI”, diz Elias Jacob.

O curso conta com diversos professores da UFRN, como professor Anderson Paiva Cruz, diretor do Parque Tecnológico Metrópole Digital, a juíza Keity Saboya, da Vara de Execuções Fiscais, e o juiz Marco Bruno, diretor do Foro da Justiça Federal em Natal.

Tags:, , , ,