Projeto ‘Gente alegrando Gente’ estimula estudantes de escola pública da Zona Norte para produção de cartas ao Papai Noel.

Os pedidos de presente estão disponíveis para adoção nas dependências da Faculdade Estácio de Natal – unidade Zona Norte

Aprendizagem e solidariedade. Enquanto colocam os seus sonhos e desejos no papel, os alunos da Escola Municipal Dalva de Oliveira, do bairro Vale Dourado – zona norte de Natal, são incentivados à escrita e envolvidos em um processo de aprendizagem. A iniciativa é do projeto ‘Gente Alegrando Gente’, da Faculdade Estácio de Natal – unidade Zona Norte, que há cinco anos, em parceria com a campanha Papai Noel dos Correios, atua no incentivo à produção de texto e, em seguida, adota os pedidos de presentes. Desde a primeira edição, em 2013, foram adotadas as cartas de mais de 1.500 crianças por colaboradores, alunos e moradores do entorno da faculdade.

‘Cartas ao Papai Noel’ é uma das ações do projeto composto por alunos e professores dos cursos de Administração e Recursos Humanos da Estácio Zona Norte, que atende crianças da alfabetização até o quinto ano. Em cada ano é escolhida uma escola diferente. O ‘Gente Alegrando Gente’ atua durante o ano inteiro com atividades de cunho social, que envolvem a comunidade onde a instituição de ensino está localizada.

Antônia Siqueira, coordenadora do projeto ‘Gente Alegrando Gente’, explica que além de atuar junto às crianças, o projeto também orienta os professores da escola contemplada neste processo de envio das cartas aos Correios – com adequação aos requisitos, como também verificação do conteúdo, no sentido de identificar se há relatos de violência contra a criança, por exemplo.

“Em todos esses anos, cem por cento das cartas escritas ao Papai Noel, que ficam na Estácio Zona Norte, são adotadas. Já conseguimos, inclusive, uma doação de cadeira de rodas”, ressalta a professora. Nesse processo, são envolvidos todos os docentes, corpo administrativo, familiares, moradores do entorno e empresas parceiras da Estácio Zona Norte.