Revista do @TCE_RN traz caderno especial sobre Dom Nivaldo Monte. Versão on-line disponível.

Revista do TCERN presta homenagem a Dom Nivaldo Montenivaldo capa

Mais uma edição da Revista do TCE chega às mãos dos gestores públicos dos municípios do Rio Grande do Norte. O lançamento do número 17 da publicação foi realizado pelo presidente do TCE, conselheiro Carlos Thompson, na abertura do encontro  “Finalização de mandato e novas diretrizes do controle externo do TCE/RN”, ocorrido semana passada no Cemure, em Natal.

De periodicidade anual, a revista disponibiliza artigos técnicos e de interesse geral, além de divulgar ações executadas por setores do TCE, como a Secretaria de Administração Geral, Controle Externo, Planejamento Estratégico, Escola de Contas e Ouvidoria. Como ocorre tradicionalmente, a revista presta uma homenagem a um potiguar de destaque na sua área de atuação.

Neste número, o escolhido foi Dom Nivaldo Monte, resgatando a história do arcebispo emérito de Natal, que deixou várias ações junto aos mais pobres da cidade e foi um dos fundadores do curso de Serviço Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

A ausência revelada entre seus objetos no apartamento onde morava

A ausência revelada entre seus objetos no apartamento onde morava

A edição, que já se encontra em versão on-line, também está disponível para download,  traz de novidade o conselho editorial, somando-se à importante conquista do selo ISSN, que desde a última edição atesta a sua respeitabilidade e credibilidade.

Segundo o assessor de comunicação, Viktor Vidal “A escolha por Dom Nivaldo Monte foi um gratificante presente. Para nós e para os leitores Um religioso que transbordava bondade e costumava dizer que Deus criou o homem para ser feliz. Em 43 anos de bispado, direcionou suas energias a fazer valer essa máxima. Não por acaso, foi chamado diogenescom louvor de “semeador de alegria” pelo escritor Diógenes da Cunha Lima. Dedicou toda a sua vida à Igreja Católica e catalisou seus ideais através de livros, das salas de aula e de iniciativas de assistência social em prol dos menos favorecidos” complementa Vidal.

Nas páginas dedicadas a Dom Nivaldo, há relatos de familiares, amigos e fiéis que  ajudam a contar quem foi e o que fez um dos mais admirados bispos norte-rio-grandenses que partiu em 2006, aos 88 anos, e deixou um legado de simplicidade, compaixão e grandeza de caráter – hoje também é homenageado dando nome ao Parque da Cidade. “O material está distribuído em um caderno especial cuidadosamente produzido pelos jornalistas Eugênio Parcelle e Graciêma Carneiro, com imagens do fotógrafo Jorge Filho. Somado à homenagem que estampa a capa, a edição aborda aspectos da Lei da Ficha Limpa, notadamente o papel do Tribunal de Contas do Estado na elaboração da lista de gestores julgados. Às vésperas de mais uma eleição, e numa época cuja cobrança do eleitor pela idoneidade dos políticos está cada vez mais contundente, escolhemos os meandros desta lei, suas causas e efeitos, numa iniciativa inovadora da revista” ressalta o assessor.parque

Confira a revista

 

 

Tags:, , , , ,