O mistério do amor de Deus no Bom dia de Albany Dutra.

Bom dia a todos 
Por Albany Dutra

Tags:, , , ,

Converter-se ao amor de Deus, por Albany Dutra

Bom dia a todos!

Por Albany Dutra

     Oh Senhor!  Por tantos caminhos eu andei e nunca me dei conta que existia uma  alegria perfeita. Eu,com minha prepotência,orgulho,vaidade e autossuficiência, já tinha ouvido falar de ti. Porém, achava eu, que tu eras um Deus fantasioso, distante, e que não tinha nada para me oferecer. Levava minha vida por entre farras, ostentando o poder que eu conquistei através do meu trabalho. Valia muito mais para mim, buscar os valores materiais, pois eles é que me davam a alegria. Tudo o que queria estava ao meu alcance. O meu Deus era o dinheiro, as posses, os bens…  Media a minha alegria, pela quantidade de festas que eu oferecia, ou participava. 

     Tudo engano Senhor! De repente, vi a enfermidade e as trevas bater à porta de minha casa. Adoeci, perdi tudo o que tinha acumulado, fiquei incapacitado de realizar aquelas coisas que eu mais desejava. Meus filhos enveredaram pelo caminho das drogas. Não podia contar com eles para cuidar de mim, pois ensinei a eles, a possuir, a comprar, a gastar. E esqueci o principal: AMAR. Minha esposa partiu, no momento que eu não tinha mais luxo, ostentação, status para lhe oferecer. Pensei que ela era feliz ao meu lado. Mas a felicidade dela também era o Deus dinheiro. Foi no momento que eu pensei que meu minha vida tinha terminado, que fui apresentado ao seu amor Senhor. Descobri através dele, que a verdadeira alegria não estava na riqueza que eu guardava nos bancos, mas, as que eu carrego no meu coração.

     Demorei demais Senhor a te encontrar. Hoje, arrependido e com o coração convertido ao teu amor, estou pronto para ir ao encontro face à face dessa perfeita alegria, pois, na hora que eu mais precisei, foi o seu amor que cuidou de mim! Reflitamos sobre esta história, que se faz tão real na vida de muitos! 

Via Albany Dutra

Jesus, o bom pastor!

Jesus, o bom pastor!

08/02/2016.

Tags:, , ,

Louvar ao Senhor! Bom dia a todos por Albany Dutra.

   Bom dia a todos!

    Por Albany Dutra

   frases_muito_amor Em todas as suas obras dava graças ao Santo Altíssimo, com palavras de louvor: de todo o coração louvava o Senhor, mostrando que amava a Deus, seu criador. Diante do altar colocou cantores, que deviam acompanhar suavemente as melodias…fez com que louvassem o santo Nome do Senhor,  enchendo o santuário de harmonia desde a aurora.

    Eclo 47,9-12. É desta maneira que devemos conduzir as nossas vidas em Deus. Fazendo dela um grande louvor ao nosso pai do céu! Apresentemos e consagremos as nossas vidas a Deus, elevando para ele um cântico de ação de graças! Graças pai porque estou vivo. Graças te dou porque cuidas de mim. E mesmo que eu não mereça, vens fazer morada em meu coração. Te louvo e te peço perdão pelas minhas faltas! Faz-me fiel precioso Jesus, pois sei que há uma carreira a correr, uma vitória a alcançar.

    A cada passo em meu viver faz-me fiel. Ensina-me a te amar! Ensina-me a te buscar! Ensina-me,a te conhecer, a te compreender e assim saber: Que tu és o meu Deus santo! Tu és o meu Deus forte! Tu és o meu Deus, Tu és o meu tudo Senhor! Que a cada novo amanhecer, eu me coloque na tua presença, pois ao escutar a tua voz, me chamando pelo nome, sinto como se estivesse ouvindo a mais bela das melodias, onde vou me deixando levar pela harmonia do toque do seu amor, que alegremente passa pelos meus ouvidos,até se alojar suavemente em meu coração!

Via Albany Dutra 05/02/2016.

Tags:, ,

Bom dia de Albany Dutra no ar.

Bom Domingo e boa missa a todos!
Por Albany Dutra

Tags:, , ,

Bom dia a todos! Por Albany Dutra

Bom dia a todos!

Por Albany Dutra

Mais um amanhecer e a certeza de que o amor de Deus envolve os nossos corações. Quero louvar e agradecer por poder respirar deste ar puro, contemplar o esplendor do nascer do sol e elevar aos céus as minhas orações. Recorramos neste dia ao amor maternal de Maria.

Brisa suave que passeia no meio desse povo sofrido que pela fé encontra repouso através da doce presença do Espírito Santo, que desce como um fogo abrasador, aquecendo e se entrelaçando na ternura encantadora, estampada na meiga face desta humilde e admirável mãe.

O amor de Deus que se derrama em bênçãos através de Maria Santíssima, é como o mais puro mel, que jorra abundantemente de seu precioso coração.

DSC01965

Gruta localizada no Mosteiro de São João em Campos do Jordão/SP http://migre.me/sM84R

 

É através deste amor de Deus pai, misturado ao doce mel que está na virgem Maria, que provamos as delícias inigualáveis em seu filho Jesus. Maria é a essência rara preferida de Deus, que exala sobre seus filhos, o mais sublime e exuberante perfume de graças, para assim, enobrecer e proteger, aqueles a quem a ela Deus confiou. Obrigado mãezinha do céu, por me apresentar diariamente a Jesus como seu escolhido e seu irmão, filho de um mesmo pai e agraciado por uma adorável e bendita mãe.

Via Albany Dutra  23/01/2016.

 

Tags:, , , , ,

Orações de Albany Dutra propaga o amor de DEUS

Lançamento amanhã, 0812, no Colégio MARISTA, a partir das 18h.

Lançamento amanhã, 08/12, no Colégio MARISTA, a partir das 18h.

O individualismo, o egoísmo e a busca desenfreada do Ter, além da falta de humildade e a indiferença para com o próximo, são citados pelo autor do ‘Bom dia a todos’, Albany Salustino Fernandes Dutra, como os responsáveis pela falta de amor entre as pessoas. Ele explica como surgiram as orações e o interesse em propagar o amor de Deus nesse livro que traz seu testemunho de fé, sua cura e o compromisso por disseminar o amor de Deus entre as pessoas através das orações.

“Como Jesus, acredito na conversão do coração das pessoas, principalmente se elas doarem e mostrarem o valor do amor ao próximo. Agora, para conseguir esse verdadeiro amor, elas precisam amar a Deus e essa é uma decisão pessoal, que exige fé”, explica o empresário de 44 anos, casado com Rejane Dutra e pai de Maria Letícia.

E continua, “Vivemos num mundo onde as pessoas estão perdidas, sem um direcionamento. Precisamos resgatar essas pessoas, doar muito amor, sozinhos não conseguimos ser felizes, precisamos dessas pessoas ao nosso lado, repletas de amor e do próprio amor de Deus para nos fortalecer e nos fazer felizes” ressalta Albany.

A religiosidade

A educação religiosa que teve da sua família, além da formação cristã no Colégio Marista são destacados por Albany, para justificar seu desejo, desde garoto, em ajudar aos menos favorecidos.

Mas o ‘Bom dia a todos’ surgiu após dois anos e meio escrevendo reflexões para os grupos de jovens da comunidade onde atua, conta Albany, que acorda diariamente às 04h00 para fazer suas preces, hábito adquirido desde 1998, após vencer a um câncer de mediastino.

“Participamos, eu e Rejane, da comunidade católica de casais vida nova, cujo carisma é a santificação da família através do matrimônio”, relata Albany explicando como tudo começou. Após coordenar um encontro de jovens no Marista em 2013, ele sentiu uma receptividade muito positiva do grupo e se motivou a continuar a evangelização através dos textos, dessa vez, via os grupos do aplicativo do whatapp.  “As mensagens, geradas a partir de uma profunda intimidade com Deus, da intercessão de nossa Senhora e da presença do Espírito Santo, eram enviadas cedinho, diariamente para eles”. E relata  “Eles gostaram tanto que pediam para não deixar de enviá-los, pois estavam transmitindo para outras famílias, e, é assim até hoje”.

E essas preces, que tomaram uma proporção que não tem como mensurar a quantidade de pessoas que as recebem e replicam entre outras pessoas, todos os dias,  foram compiladas em um livro  ‘Bom dia a todos’ pela mãe de Albany,  Nia Fernandes Dutra, e que será possível adquirir amanhã, dia do lançamento. O livro traz 365 orações, o testemunho do autor na luta contra o câncer e o prefácio da sua tia, a imortal da academia Norte-rio-grandense de Letras, Sônia Fernandes Faustino.

 

Tags:, , , ,

Há esperança sim!

– Seu sonho?
– Quero ser professor! Diz Emanuel.
– Eu quero muito ser aquela pessoa que ajuda as outras a viver melhor, como é mesmo o nome? Responde ansiosa, Maria José.
– Voluntária.
– Você sabe que voluntária não recebe dinheiro?
– Não. Tanto faz! Para mim, o melhor é ajudar, quando crescer, quero ser isso mesmo.
Esse diálogo entre crianças de 9 a 12 anos, moradores do distrito rural de São Bento, renovou minha esperança em acreditar que, através da Educação, podemos sonhar com dias melhores. A conversa aconteceu durante uma visita minha a Serra de São Bento, onde descobri belezas locais e me deparei com uma escola cheia de encanto e esperança. Uma escola montada pelo sonho de Emanuel, um garoto de 12 anos, franzino, olhos grandes, bastante simples e muito observador.
Conheci Emanuel Luiz de Lima através de sua tia, dona Marinês Estevam, uma pequena comerciante do local, que confia, não só no tino comercial do menino, mas também já o admira pelo interesse que demonstra quando o assunto é educação. Os moradores dos sítios próximos estimulam seus filhos a frequentarem a escola de Emanuel e dão o apoio quando eles precisam, tão grande o comprometimento do aprendiz de professor.
O comportamento pelo qual ajuda a tia no atendimento aos clientes, me chamou a atenção, e começou aí uma emocionante história que escolhi para o dia de hoje em homenagem a todos os professores que sonham e teimam que esse mundo tem jeito.
A escola de Emanuel, é chamada assim até a escolha definitiva do nome, foi uma conquista. Uma casa de herança do avô paterno que ele conta com emoção quando sua família queria repartir ou vender, mas com seu apelo por fazer do espaço uma escola para mudar a vida dos primos e dos amigos em volta, sensibilizou os herdeiros.
A curiosidade falou alto e marquei de ver de perto essa casa e o que realmente acontecia por lá para manter o brilho naqueles olhos verdes, quando falava que era professor.
No horário marcado cheguei por lá, nada difícil, a poucos metros do chalé que estava hospedada. A acolhida foi emocionante. Fui recepcionada pela turma de cinco crianças, que já me esperavam para a visita. Percorri os vãos pequenos que precisam de uma melhoria, sem banheiro, sem conforto, sem energia, mas, ao entrar na sala de aula fui surpreendida. Improvisada, com quatro cadeiras bem desgastadas, o espaço conta com o som da campa que vem de um aparelho de micro-ondas quebrado. A estrutura de barro e tijolos de um do forno antigo à lenha abriga livros e brinquedos. A porta do armário quebrada virou uma lousa, mesmo o lápis teimando por não riscar, as cadeiras sem o amparo dos braços, não tiram o interesse de nenhum deles a reconhecer que ali eles podem sonhar em ter uma profissão.
Percebi os detalhes da organização das crianças em separar os ambientes. O material doado pela vizinhança é levado para a sala da bagunça. ‘De lá, só sai, depois de limpo e melhorado’, diz Maria José, super orgulhosa. Os encontros não acontecem só para fazer as tarefas do colégio, mas também para colorir, limpar o terreno, brincar e ler, além de Emanuel estimular à pesquisa nos exemplares dos didáticos já adquiridos através de doações. ‘Ainda são festejados os aniversários e também o são joão’, diz a diretora da escola Maria Gabriela da Silva de 14 anos, escolhida, pela idade, para gerenciar o espaço.
‘Não riscar, não gritar e não mentir’ fazem parte das regras gerais da boa convivência, diz Emanuel com uma moral para qualquer um ter inveja. E, exibindo alguns livros doados pelas professoras da Escola Municipal de Monte das Gameleiras, ele me apresenta os alunos: Lucas Gabriel, 9 anos; Maria Eduarda Estevam, 7 anos; Maria Carolina Estevam, 9 anos; Maria José Queiroz, 11 anos; e Maria Gabriela de 14 anos. “Ainda tem mais dois primos para participar, o convite já foi feito, estamos aguardando”, conta Emanuel.
E assim, no vale onde o vento sopra um vento frio e forte, vindo de Araruna-PB, entre os animais, vegetação rasteira e cheia de pedras gigantes, duas vezes por semana, é possível ver essa meninada reunida, brincando de ler e de aprender, que me fez sorrir e chorar diante de uma vida tão simples e com o emanuelturmajaneladesejo de voltar lá para levar os gibis e lápis prometidos.

Tags:, , , , ,