Consciência Social é tema de atividades durante o mês de setembro no @Natal_Shopping #inclusão

Já parou para pensar no que você pode fazer para melhorar a vida em sociedade? Esse é o gancho da campanha Setembro Cidadão que tem como intuito o despertar à consciência social. Como apoiador da ação, o Natal Shopping divulga as “25 atitudes cidadãs” durante todo o mês de setembro, através de dicas e ações práticas em parceria com instituiçoes que trabalham com a temática.

A ideia é abrir as portas do mall para abrigar ações sociais, além de apresentações artísticas de entidades locais. “Queremos, com esta iniciativa, trazer à tona temas importantes e necessários para todos, com humanidade, sensibilidade e consciência social”, comenta Fabiana Totti, gerente comercial e de marketing do Natal Shopping.

PROGRAMAÇÃO
A programação inclusiva do mês contará com apresentação de balé por crianças com Síndrome de Down, no dia 10, às 13h; do musical CATS por crianças autistas, no dia 24, às 16h; e ainda terá aula de yoga para idosos, promovida em parceria com a loja Cantão, no dia 23, às 08h30.

Nos dias 18 e 19 acontece a Semana Nacional de Trânsito, que contará com ações educativas promovidas pela Polícia Rodoviária Federal, Detran/RN, STTU e Hemonorte, no estacionamento externo do empreendimento. Já a Semana Verde, realizada junto com o Instituto do Bem, acontece entre os dias 25 e 30 e estimulará o cadastro dos cidadãos para doação de órgãos.

Também será possível conhecer mais e participar da campanha Setembro Dourado, com a participação da Casa Durval Paiva. A campanha nacional, encabeçada pela Confederação Nacional de Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer (Coniacc), tem o objetivo de conscientizar para a prevenção e a identificação de sinais e sintomas do câncer infantojuvenil.

Tags:, , ,

Doação para projetos sociais é uma boa alternativa para reduzir a mordida do Leão.

 

Alternativa de conceder até 6% do imposto a entidades credenciadas a programas sociais, culturais ou esportivos

Os contribuintes têm até o dia 27 de abril para reunir todos os recibos e rendas, baixar o programa disponibilizado pelo Governo Federal e se acertar com a Receita. E, para reduzir a mordida do leão, a dica é manter-se informado sobre as alternativas que permitem deduções do imposto, como por exemplo, o fomento a projetos culturais e sociais.leaorenda

Poucos contribuintes sabem da possibilidade de destinar uma porcentagem do imposto aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente, Fundos dos Direitos dos Idosos, Projetos Culturais (Lei Rouanet), Atividades Audiovisuais (Lei de Incentivo à Atividade Audiovisual), Atividades Esportivas (Lei de Incentivo ao Esporte), Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência e Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica.

Pessoas jurídicas que optarem por aplicar o imposto a fundos sócio-culturais ou esportivos têm duas maneiras de fazê-lo: a primeira é pela internet, na página das instituições cadastradas no Governo; a outra é depositar diretamente aos fundos aprovados e durante a declaração, na parte “Doações efetuadas”, informar os valores e o CNPJ dos beneficiários. Automaticamente o programa faz o cálculo do imposto e deduz o valor.

Para os contribuintes inseridos na categoria de pessoa jurídica o abatimento chega a até 2% do lucro e essas doações podem ser feitas durante a apuração trimestral. A contadora da Rui Cadete Consultores Associados, Karina Dias, esclarece que essa opção é muito interessante para as empresas que são tributadas pelo sistema do lucro real, ou seja, aquelas em que a apuração contábil é o resultado entre os ajustes fiscais positivos e negativos.

imagem_release_903588 (1)

Karina Dias, contadora

“As empresas inseridas nesse quadro têm a alíquota do imposto sobre um lucro menor, então as doações vão constar como despesas e serão abatidas do lucro operacional, que é destinado à administração, comércio e operação da empresa e, dessa forma, o valor do imposto diminui”, explica.

Já os contribuintes que respondem como pessoa física podem destinar qualquer valor a essas instituições, no entanto, o abatimento do imposto é de até 6% do montante se a doação acontecer até o último dia útil do ano base (2016) e 3% caso a doação ocorra dentro do ano de entrega da declaração (2017).

 

Tags:, , , ,