Oficina dos Anjos completa três anos de atuação em Natal com uma média de 270 turbantes entregues mensalmente a pacientes em tratamento quimioterápico.

“Cada turbante que fabrico, oro pela cura de quem vai usar. Não tenho dúvida, quem recebe terá o mesmo resultado que eu”.  Esse é o depoimento de Geine Celli Suassuna Moura, 54 anos, participante da ‘Oficina dos Anjos’, grupo que completa nesta sexta-feira, 26, três anos de atuação em Natal na produção e distribuição de turbantes e bonés para pacientes oncológicos em tratamento quimioterápicos.

A Oficina é coordenada por Vanilde Alves Arcila e reúne atualmente cerca de 50 voluntárias. Começou com a adesão em família, sua filha Rafaela, a irmã,Teca, além da neta Mariana que alimenta o Instagram. Já aposentada, Vanilde assumiu a responsabilidade desde sua implantação e se dedica integralmente às atividades, desde a compra de material,à realização das oficinas para a  produção dos turbantes,  a agenda das entregas e a comunicação com todas as colaboradoras através do combustível caridade.

Teka, irmã,  Rafaela, a filha, e Tatiana a mentora da Oficina e Vanilde.

A ideia da oficina iniciou na Paraíba através de Tatiana Sousa, residente em João Pessoa. Ela veio implantar em Natal, ajudar a Vanilde a montar o grupo para desenvolver o trabalho. Hoje, a nuvem de anjos está em atividade em algumas cidades do Nordeste como  Salvador-BA (2016), Natal-RN (2016), Feira de Santana-BA (2016), Brasília-DF (2016), Recife -PE (2017), Pau dos Ferros-RN (2017), Fernandópolis-SP (2017) e Fortaleza (2018).

Imagem da primeira oficina realizada em Natal com representantes de João Pessoa (tiaras azuis)

O grupo conta com anjos que doam tempo e amor para a confecção, captação dos adereços e recursos para manter a demanda mensal de 270 turbantes e 50 bonés. São pessoas de profissões, idades e ocupações diferentes que abraçam a causa sem dor, sem doença, sem lamento. É doação de amor ao próximo e uma experiência de estar sempre em comunhão com o bem sem ver a quem. Existe também uma contribuição voluntária de 20 reais, chamada de ‘Mico’,  pela qual as próprias participantes também colaboram e pessoas que desejam fazer uma doação.

Há também entre as voluntárias, o engajamento dos que já passaram por quimioterapia, vivenciaram as dificuldades do tratamento e hoje fazem questão de contribuir. Outras, motivadas pelo desejo de servir a Deus, ao próximo, e ainda aquelas que são contagiadas pelo sofrimento de algum parente que passou pelo câncer.

Soraia Furtado, mais um anjo do grupo em visita à Liga.

Além da confecção, Vanilde explica a dinâmica semanal das visitas que são voluntariamente agendadas pelos anjos pelo grupo do Whats App. A Liga Norte-rio-grandense do Câncer, Policlínica, Hospital Onofre Lopes, Hospital Luís Antonio, Hospital Rio Grande entre outros hospitais e clínicas,  fazem parte do roteiro das entidades visitadas pela turma que leva, muito além de um adorno para uma cabeça careca, leva amor, um sorriso, uma oração.  “Vamos todas de camiseta do grupo e turbantes a fim de nos identificarmos.  A abordagem ao outro é muito gratificante. São cápsulas de amor e compaixão que retornam com tanta gratidão que nos preenchem de paz e nos dão o motivo para continuar com o trabalho” conta Vanilde.

A visita vai mais além da entrega do turbante., o carinho às pacientes.

A história de Geine, depoimento que abre nossa matéria, é um exemplo. Ela é um anjo da oficina, casada, três filhos, sendo dois biológicos e um do coração e  três netos, um biológico e duas do coração, e tem um relato entre muitos que emocionam e nos faz refletir sobre nossas vidas.  Ela é um testemunho de fé e de muita superação, não só por se ajudar em busca de sua própria cura, mas também servir de inspiração para outros pacientes que estão na luta para vencer a doença. Ela teve um carcinoma em 2017 e passou por três cirurgias, seis quimioterapias, 28 radioterapias e 18 imunoterapias, mas, a dose infinita, segundo Suassuna,  é a fé em Deus que está operando o milagre de sua saúde.

Geine e sua amiga Vitória Chris.

O efeito da quimioterapia

“A queda do cabelo é inevitável, mas quando o médico me perguntou o que seria mais difícil para eu aceitar no tratamento, respondi que seria tontura e vômito. Ele, surpreendido, falou sobre a queda cabelo… e eu disse: Jesus vai tirar tudo da minha vida anterior, serei outra Geine, totalmente renovada”. E prossegue: “Eu era muito vaidosa, dependente de escova, não tomava banho de piscina, nem de praia para não estragar o cabelo, mas, quando vi o cabelo caindo, me senti outra pessoa, nascendo de novo”.

A rotina de não ter tempo para dar atenção em casa, viver apenas para o trabalho como funcionária pública e empresária do ramo de roupas para festas, dava um sentido mecânico para a vida.  “Durante o tratamento, fui apresentada à oficina dos anjos através de uma amiga do tempo de adolescência, Soraia Furtado. Resisti em usar turbantes oferecido por ela pois queria assumir minha careca como prova da minha fé. Mas o sol e o frio na cabeça chegaram a incomodar e, logo depois, ganhei um turbante de Vitória Chris, na Liga do Câncer, companheira de radioterapia  também anjo do grupo”.  Geine mudou completamente seu ritmo e está focada em servir ao próximo, costura muito, dessa vez, ao invés de vestidos, são turbantes e tiaras para as pessoas que necessitam.  “O turbante para mim é símbolo de luta. Através dos olhares das pessoas, elas nos reconhecem como vitoriosas”. E complementa:  “Meu cabelo está nascendo totalmente branco. Vou deixar assim, e, quando vierem me perguntar, vou falar que renasci, é a marca do começo de uma nova vida”.

Geine e seu novo visual.

A cada depoimento uma lição, um aprendizado.

José André de Lima, 55 anos, de Jaçanã/RN, acompanhado de sua esposa d. Francisca, foi um dos pacientes que receberam o boné durante a visita no início de abril na Liga Norte-rio-grandense contra o câncer em Natal.  Com o olhar curioso, já perguntava se não ia ganhar um boné, uma vez que a sua vizinha de cadeira, na ala da quimioterapia,  tinha escolhido um turbante.  Satisfeito, colocou o boné e posou para a foto, se dizendo confiante em sua cura atribuindo a fé em Deus.

Iracilda e seu filho Izael ao lado de sr. José com dona Francisca.

Já Iracilda Costa de 62 anos, distribuía através do seu sorriso largo, o orgulho de ter, como acompanhante seu filho único, Izael. Feliz com sua peruca, ela aceitou o turbante para as horas de descanso em casa. Mas admitiu ser vaidosa e gostar mesmo de sair com sua cabeleireira postiça.

A costureira Maria da Guia Araújo, mãe de quatro filhos foi um caso à parte. Sua alegria e o desejo de ficar boa contagiava o ambiente. Acompanhada de Vera Caldas, 60, amiga há mais de 30 anos, que também já teve câncer e já conta cinco anos de curada, ela deixou a lição de gratidão à ajuda recebida dos amigos. Além de Vera, outro vizinho, Chico do mercadinho, que faz questão de trazer e levar Da Guia de volta para casa, após o tratamento. A paciente ainda destacou  o poder da mente sempre positiva e alegre para combater a doença.

Vanilde e Maria Daguia. Alegria e muita superação.

E assim, todas as semanas, os anjos da Oficina soltam suas asas e vão levar amor em forma de turbantes a tantos que precisam e enfrentam a batalha contra o  câncer.

E nesta sexta-feira, a partir das 16h, a coordenação promoverá uma confraternização entre os anjos para festejar os três anos da Oficina. Um encontro para dar boas-vindas as que chegaram a pouco tempo, para se conhecerem melhor e também terá o momento para depoimentos de integrantes do grupo que vivenciaram ou ainda estão em tratamento.

Anjos a todo vapor na confecção dos turbantes.

A Oficina dos Anjos é um projeto sem fins lucrativos, não tem sede própria. As voluntárias se reúnem nas próprias casas em formato de rodízio para a produção dos turbantes que são subsidiados pelas doações em dinheiro, malha e pedrarias.  A entrega é feita de maneira totalmente voluntária através dos anjos do grupo.

Quem tiver interesse em fazer alguma doaçao em dinheiro ou  bijuterias que tenham pedras para enfeitar os turbantes, linhas para crochê etecidos viscolycra ou liganete medindo 1,60m, entrar em contato com a coordenação.

Vanilde – 84 99985 8451

  • vanilde e pacientes
  • keline e geine
  • turbantes 2
  • voluntaria e paciente
  • eu e elas
  • anonima de turbante
  • jacinta e liga
  • j pessoa
  • loura
  • casal
  • turbantes
  • dupla teka
  • vanilde e pacientes
  • as5
  • eu e elas

Tags:, , , , , ,

Desapego! Agora você tem o local ideal para deixar sua doação. O @Natal_Shopping inaugurou um espaço para o descarte de objetos e roupas.

Com o intuito de conscientizar e incentivar a responsabilidade social entre colaboradores e clientes, o Natal Shopping já conta com o espaço Desapego Consciente no segundo piso do mall. No local, é possível depositar doações de roupas e calçados para homens, mulheres e crianças, que depois serão repassadas para instituições de assistência social.

O ponto de coleta das doações fica localizado em frente à loja Kalunga e segue os horários de funcionamento do shopping. Além de vestuário, o Desapego Consciente recebe ainda bolsas e acessórios, itens que vão contribuir para melhorar a qualidade de vida de pessoas carentes. Dentro desta ação de responsabilidade social, o Natal Shopping pretende ainda promover palestras gratuitas sobre a importância do desapego consciente de peças que não estão mais em uso e que podem ser úteis para outras pessoas mais necessitadas.

O espaço Desapego Consciente faz parte de um rol de ações promovidas pelo Natal Shopping, dentro do escopo do projeto Bem Ancar, desenvolvido pela Anchar Ivanhoe, administradora do shopping. A ideia é desenvolver projetos de cunho responsável social e ambiental, tanto enquanto apoiadores, como também protagonizando ações de voluntariado que envolvam a participação de seus diretores, colaboradores, parceiros e clientes.

EcoPonto

O Natal Shopping também está de volta com o seu o EcoPonto, agora instalado na Praça de Alimentação. O local é ponto de coleta para receber garrafas plásticas, latas de alumínio, papelão e cápsulas de café, materiais que serão doados para cooperativas de reciclagem. O EcoPonto também recebe baterias e pilhas, objetos que não podem ser descartados de qualquer forma no ambiente, sob risco de prejuízo à nossa saúde e à natureza.

Tags:, , , , , ,

Voluntários do Núcleo Irmã Scheilla promovem chá beneficente para manter as atividades. Adquira sua senha.

Fátima Moraes é uma das voluntárias que contagia os amigos para participarem dos eventos promovidos pelo Núcleo Espírita Irmã Scheilla.  E, com essas doações, a equipe de voluntários mantém o espaço há 32 anos.

 

Exemplo de uma parceria que dar suporte financeiro à instituição é do buffet Neuma Leão, que abre suas portas, pelo quarto ano, para um chá beneficente. Toda a renda arrecadada, através da venda das senhas, é doada para o espaço que mantém 30 famílias cadastradas e assistidas pelos dirigentes e voluntários.

Palestras fraternas, evangelização, cursos, doações das cestas básicas, esporte e balé, além de atendimentos espirituais são algumas das atividades realizadas para atender crianças a partir dos 4 anos, adolescentes até 18 anos  e as famílias das comunidades do bairro de Bom Pastor, Felipe Camarão e K6. Atualmente, o presidente da instituição é José Miranda da silva que conta com trabalhadores voluntários que realizam bazar  de produtos doados e revertem em venda para arrecadar dinheiro para as despesas, e dois eventos anuais, o chá fraterno em julho, e também a feijoada em janeiro.

Quer participar do chá ou comprar a senha? Segue o contato.
Fátima Moraes – 99999 9971

Tags:, ,

“Leilão Solidário” acontece no Natal Shopping 5ª feira, em benefício do “Coletivo Amigos do Pelo”

 

Será nesta quinta-feira (19) o “Leilão Solidário” que irá colocar à venda peças doadas por artistas de renome local e nacional em favor do “Coletivo Amigos do Pelo”, que presta acolhimento e realiza castração de cães e gatos de rua. O evento acontece no bistrô Vinhedos do Natal Shopping a partir das 19h.

Ao todo serão leiloados 11 itens, entre eles, um chapéu Panamá modelo Fedora doado pela cantora Isabella Taviani; uma faixa paraguaia doada pelo músico Almir Sater; duas telas de autoria da artista plástica Juliana Juaquina; uma tela de autoria do artista plástico César Revoredo. Tem ainda os óculos modelo aviador do cantor Nando Reis, o boné oficial da Esquadrilha da Fumaça do músico Waldonys, o vestido de festa da modelo Fernanda Tavares e o violão doado pelo cantor Fernando Luiz.

Outro item a ser leiloado é a camisa oficial do time da Chapecoense, doada pelo jogador Júlio César, com autógrafos de todos os jogadores, incluindo a assinatura do potiguar Gil, que morreu no desastre aéreo que vitimou toda a equipe em 2016.

O “Leilão Solidário” contará com a participação da cantora Marília Lino, acompanhada do guitarrista Ricardo Baya. Eles abrirão o evento com um repertório repleto de muito jazz e Bossa Nova. O bistrô Vinhedos irá colocar à disposição um cardápio fixo para o evento.

Serviço:

Leilão Solidário

Data: quinta-feira (19)

Hora: 19h

Local: Vinhedos do Natal Shopping

Atração musical: Marília Lino e Ricardo Ba

Tags:, , , ,

É hoje o Dia Mundial da Doação do Leite Humano. Um ‘Mamaço’ será realizado no @Natal_Shopping em parceira com a Fiocruz, 15h. #doação

Neste sábado (19), Dia Mundial da Doação do Leite Humano, o Natal Shopping promove um “mamaço” a partir das 15h e convida as mamães que amamentam junto com seus bebês, para participar deste grande ato de amamentação coletiva. O objetivo é chamar atenção para a importância da amamentação e da doação do leite materno para bebês prematuros. A ação acontece no Piso L2, próximo ao Espaço Família.

A iniciativa, realizada simultaneamente em 13 shoppings do grupo Ancar Ivanhoe, é fruto de uma parceria com a Fiocruz e dá início à campanha Aqui Tem Vida, de arrecadação de frascos de vidro, que contece em 19 empreendimentos até o dia 28 de maio e busca suprir um dos maiores problemas dos bancos de leite humano: o armazenamento.

Hoje, a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano/Fiocruz (rBLH) necessita de 18 mil frascos por ano para garantir a nutrição de recém-nascidos prematuras e de baixo peso, que não podem ser amamentados pela própria mãe.

Até o próximo dia 28, você pode fazer a doação de frascos de vidro no Natal Shopping. Eles precisam ser de até 500g, com tampa de plástico e boca larga, como os de café solúvel ou maionese, desde que sejam de vidro.

Durante a campanha “Aqui Tem Vida”, o Natal Shopping irá promover o debate sobre a importância do aleitamento materno, que alimenta e protege o bebê contra inúmeras doenças. Haverá ainda rodas de conversa com técnicos do Banco de Leite sobre os benefícios da amamentação e cuidados com o recém-nascido, além de tirar dúvidas sobre a doação de leite materno e aprender dicas sobre amamentação.

O dia 19 de maio emerge como marco histórico da união de esforços entre os países integrantes da Rede Global de Bancos de Leite Humano para a salvaguarda da vida de milhões de crianças que tanto precisam do leite materno como fator de sobrevivência. E apenas um gesto pode fazer a diferença na vida de muitas crianças.

 

Sobre a Fiocruz

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) tem como objetivos promover a saúde e o desenvolvimento social, gerar e difundir conhecimento científico e tecnológico, ser um agente da cidadania. Criada em 1900, como Instituto Soroterápico Federal, a Fiocruz tem uma trajetória que se confunde com o próprio desenvolvimento da saúde pública no País.

 

Campanha “Aqui tem Vida”

Mamaço: Sábado (19), às 15h (VAGAS LIMITADAS)

Local: Piso L2, loja próxima ao Espaço Família – Natal Shopping

Período para doação de frascos: 18 a 28/05

Mais informações: 84 3209.8199 | 84 98107.6665 (Whatsapp)

Tags:, , ,

Doar e reciclar. ‘Um Caderno , um futuro’ faz o bem a quem não tem e preserva o meio ambiente. Participe.

Já sabe o destino dos cadernos escolares usados esse ano? Olha só que ideia legal que já entra em sua terceira edição. Essa encantadora história vem da estudande de psicologia, Arícia Gusmão,23 anos, que resolveu, há 2 anos, lançar uma campanha ‘Um caderno, um futuro’. A ideia é recolher os cadernos usados, dar uma repaginada para serem doados a estudantes carentes e com isso reduzir o desperdício e preservar o meio ambiente.

“Para a reutilização dos cadernos conto, principalmente com a ajuda da minha avó Rosa Araújo, além de voluntários, amigos e familiares que selecionam as folhas, capas e arames que estão em bom estado e que podem se transformar num bom caderno” explica a universitária que já está em campanha para esse ano.
“O objetivo além da doação a estudantes carentes, também é a redução de lixo. Arrecado cadernos usados ao invés de novos” ressalta a estudante que diz satisfeita com os resultados dos anos anteriores e continua com o propósito de contagiar mais famílias para, além da doação, plantar a cultura da diminuição de resíduos. Essa é a ideia da Campanha ‘Um caderno, um futuro’.

“Somando as duas campanhas anteriores, já arrecadamos mais de três mil e produzimos cerca de mil cadernos. Espero esse ano receber mil e quinhentos cadernos a serem transformados. A divulgação pela mídias sociais e também pela imprensa me ajudam a difundir a ideia”.

Quer participar?
Postos de coleta:
Clínica Mater:Rua Assu, n. 669, próximo ao restaurante Cassol
Colégio CEI da Romualdo Galvão em horário comercial.

Tags:, , , , , ,

Abraço de águia estará no asilo Anizia Pessoa no próximo domingo. Quer doar? Ainda dá tempo.

O grupo ‘Abraço de Águia’ promove no próximo domingo, 23, um grande encontro entre os participantes e amigos que gostam de fazer o bem sem ver a quem.
Trata-se de uma campanha ao asilo Anizia Pessoa localizado no município de São José de Mipibu onde abriga 34 idosos.
Ainda dá tempo de participar, quem tiver desejo de contribuir, basta chamar por algum desses contatos abaixo que uma águia que se encontrar mais próxima vai buscar.
O que doar? Fraldas geriátricas, colônias, leite em pó e adoçante, ou ainda, em dinheiro, através de depósito em conta corrente colocando no final –,02 para melhor identificação. Por exemplo, quem for doar 30 reais, colocar 30,02. Mas, qualquer valor será bem aproveitado.
Segue os dados:
Banco do Brasil
Agência 1668-3
cc 11001-1
Marcele Gurgel Rios

O abraço de águia é um grupo de amigos formado a partir do treinamento de Desenvolvimento e Liderança, o DL, realizado mensalmente em Natal e em outras capitais. Para dar continuidade as vivências e manter a chama acesa do amor e terem uma boa causa para se encontrar, o Abraço de Águia é estimulado para dar ênfase ao sentimento mais nobre que devemos ter e retribuir, a Gratidão.
Levar um abraço de amor a quem precisa, criar vínculos afetivos e motivar cada vez mais às boas ações ao próximo são alguns dos propósitos da turma.

CONTATOS:
RORYZ: 99666 6661
MARCOS AYRTON: 99891 0717
MARCELE: 98877 6832

Tags:, , , ,

Chá beneficente angaria recursos para entidade em Felipe Camarão. Quer participar?

Unidos pela fé. É através de um trabalho voluntário e de doações entre amigos que sobrevive, há 31 anos, o Núcleo Espírita Irmã Scheilla.

Palestras fraternas, evangelização, cursos, doações e atendimentos espirituais são algumas das atividades realizadas para atender as famílias oriundas das comunidades do bairro de Bom Pastor, Felipe Camarão e K6.

Exemplo de como as doações chegam para dar suporte financeiro à instituição é do buffet Neuma Leão, que abre suas portas, pelo terceiro ano, para um chá beneficente com toda a renda arrecadada, através da venda das senhas, doada para o espaço que mantém 30 famílias cadastradas e assistidas pelos dirigentes e voluntários.

Quer participar? Segue os contatos.
Fátima Moraes – 99999 9971
Célia Araújo – 99921 3103

Tags:, , , ,

Doação para projetos sociais é uma boa alternativa para reduzir a mordida do Leão.

 

Alternativa de conceder até 6% do imposto a entidades credenciadas a programas sociais, culturais ou esportivos

Os contribuintes têm até o dia 27 de abril para reunir todos os recibos e rendas, baixar o programa disponibilizado pelo Governo Federal e se acertar com a Receita. E, para reduzir a mordida do leão, a dica é manter-se informado sobre as alternativas que permitem deduções do imposto, como por exemplo, o fomento a projetos culturais e sociais.leaorenda

Poucos contribuintes sabem da possibilidade de destinar uma porcentagem do imposto aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente, Fundos dos Direitos dos Idosos, Projetos Culturais (Lei Rouanet), Atividades Audiovisuais (Lei de Incentivo à Atividade Audiovisual), Atividades Esportivas (Lei de Incentivo ao Esporte), Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência e Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica.

Pessoas jurídicas que optarem por aplicar o imposto a fundos sócio-culturais ou esportivos têm duas maneiras de fazê-lo: a primeira é pela internet, na página das instituições cadastradas no Governo; a outra é depositar diretamente aos fundos aprovados e durante a declaração, na parte “Doações efetuadas”, informar os valores e o CNPJ dos beneficiários. Automaticamente o programa faz o cálculo do imposto e deduz o valor.

Para os contribuintes inseridos na categoria de pessoa jurídica o abatimento chega a até 2% do lucro e essas doações podem ser feitas durante a apuração trimestral. A contadora da Rui Cadete Consultores Associados, Karina Dias, esclarece que essa opção é muito interessante para as empresas que são tributadas pelo sistema do lucro real, ou seja, aquelas em que a apuração contábil é o resultado entre os ajustes fiscais positivos e negativos.

imagem_release_903588 (1)

Karina Dias, contadora

“As empresas inseridas nesse quadro têm a alíquota do imposto sobre um lucro menor, então as doações vão constar como despesas e serão abatidas do lucro operacional, que é destinado à administração, comércio e operação da empresa e, dessa forma, o valor do imposto diminui”, explica.

Já os contribuintes que respondem como pessoa física podem destinar qualquer valor a essas instituições, no entanto, o abatimento do imposto é de até 6% do montante se a doação acontecer até o último dia útil do ano base (2016) e 3% caso a doação ocorra dentro do ano de entrega da declaração (2017).

 

Tags:, , , ,

A mudança começa por nós. Vamos espalhar amor?

Tags:, , , ,