#Empreendorismo Santander abre Concurso Empreenda 2019. Apoio financeiro, bolsas de estudo e mentoria. Veja o edital.

O Programa de Empreendedorismo Santander Universidades está com inscrições abertas para editais de seleção do Empreenda Santander – 2019, nas categorias Universidade e Microempreendedor, Startup e Universitário Empreendedor, com o objetivo de dar apoio financeiro, bolsas de estudo e mentoria por até seis meses.

O programa é a evolução dos Prêmios Santander Universidades, a fim de fomentar o empreendedorismo em todo o Brasil e apoiar negócios. Na categoria Universitário Empreendedor, podem participar estudantes matriculados em cursos de graduação e pós-graduação de qualquer instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), além de alunos de ensino técnico, sob orientação de um professor escolhido. O projeto selecionado receberá aporte financeiro de R$30 mil, bolsa de estudos na Babson College, para professor e aluno, nos Estados Unidos, e mentoria de até seis meses.

Na categoria Startup, a finalidade é dar suporte a iniciativas com alto potencial de crescimento. Podem participar empreendedores com negócio já constituído no mercado. A startup finalista receberá o valor de R$100 mil, bem como bolsa de estudo na Babson College e mentoria de até seis meses realizada pela Endeavor.

Na esfera do Universidade & Microempreendedor, o foco é capacitar a instituição de ensino para que ela apoie o desenvolvimento do negócio do microempreendedor selecionado. Para isso, a universidade receberá treinamento exclusivo da Aliança Empreendedora. A instituição de ensino superior selecionada receberá R$15 mil para aplicar no plano de capacitação, que apoiará o microempreendedor por até seis meses e este poderá receber R$5 mil para investir em seu negócio.

Confira os prazos das seleções em cada edital no site do Banco Santander.

Tags:, ,

São Miguel do Gostoso sedia evento sobre comportamento empresarial

A ideia do Seminário Comportamento Empresarial é incentivar os empreendedores da região a inovar e ter uma postura de liderança para consolidar as empresas no mercado.

 A chave para o sucesso de um negócio está diretamente relacionada ao comportamento, habilidades, atitudes e valores éticos do seu gestor e equipe. Ter um perfil empreendedor é muito importante para se investir numa atividade, mas para consolidar uma empresa é indispensável uma postura de liderança e atitudes inovadoras. Para despertar o empresariado de São Miguel do Gostoso e região para o seu potencial competitivo, o Sebrae do Rio Grande do Norte realizará nesta terça e quarta-feira, o primeiro “Seminário Comportamento Empresarial”. na Casa de Cultura do município.

O evento acontecerá na Casa de Cultura do município das 19h às 21h e reunirá em São Miguel do Gostoso especialistas e palestrantes que abordarão diversos temas de interesse dos empresários dos setores do comércio e serviços. A expectativa é atrair, principalmente, empresários e empreendedores da área de turismo, um dos mais representativos para a economia da região.

Foto: Marco Polo Veras

Na primeira palestra da terça-feira (13) serão abordadas questões como comportamento empresarial, habilidades, atitudes, valores e ética, pelo gerente da Unidade de Comunicação e Marketing do Sebrae-RN, Edwin Aldrin. Em seguida a analista técnica da Unidade de Acesso ao Mercado do Sebrae-RN, Jéssica Barros, falará sobre “Empreendedorismo 4.0 – uma nova forma de empreender”. Segundo ela, a palestra aborda as principais características que mudaram no comportamento do empreendedor para se adaptar aos novos tempos.

Segundo o gerente do Escritório Regional do Mato Grande, Cyro Gurgel, a iniciativa do Sebrae de realizar o evento em São Miguel do Gostoso deve-se ao crescimento do número de empresas que se instalaram no município, revelando um grande potencial para investimentos nos últimos anos. “O nosso propósito é levar o conhecimento aos 100 participantes que pretendemos reunir nos dois dias e contribuir com dicas para a melhoria da gestão empresarial”, afirma Cyro, informando que pretende lançar no evento um Seminário Empretec, uma das capacitações do Sistema Sebrae, em parceria com o Programa das Nações Unidas, mais bem avaliadas pelos clientes e que já capacitou mais de 6 mil empresários e empreendedores em duas décadas somente no Rio Grande do Norte.

No segundo e último dia, quarta-feira (14), o Coach e especialista em Gestão Estratégica de Negócios, Ramon Enock, fará uma palestra sobre Liderança, mostrando como inspirar a equipe a pensar no trabalho como se fosse o dono da empresa. Em seguida a consultora credenciada pelo Sebrae e presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL/Jovem, em Natal, Maria Luiza Fontes, fará o lançamento do Seminário Empretec, cuja primeira turma do ano  será realizada na segunda quinzena de abril. O empresário Ruy Mazurek, da Pousada Casa de Taipa, irá dar um depoimento sobre as mudanças e benefícios do Empretec em sua atividade.  No final haverá um network e uma apresentação cultural para os participantes.

Cyro Gurgel, gerente da regional do Mato Grande, Ruy Mazurek da Pousada casa de Taipa e André Barros, consultor credenciado.

Tags:, , , ,

Vai empreender no período de crise? Confira dicas de um contador para ter sucesso.

Crise alavanca empreendedores por necessidade

Empresário e contador, Rui Cadete dá dicas a quem aproveita o momento para investir em um empreendimento

Diante da crise econômica que afeta a população brasileira nos últimos anos, nem todo mundo fica lamentando os índices de desemprego: muita gente aproveita o cenário aparentemente desfavorável para apresentar novas ideias ao mercado e avançar no empreendedorismo.

Há dois tipos de empreendedores: aqueles que iniciam um negócio por necessidade e outros que aproveitam a oportunidade. Em momentos de crise é comum que surjam muito mais empreendedores da primeira categoria, motivados pela redução dos postos de trabalho, além da inflação e a diminuição do poder de compra.rui cadete

No âmbito empresarial, os empreendedores por necessidade tendem a cometer mais deslizes que podem prejudicar seu negócio. Portanto, o ideal para empreender no momento de crise em que impera a necessidade, algumas dicas podem ajudar a estimular e promover o sucesso do seu negócio.

De acordo com Rui Cadete, sócio-fundador da Rui Cadete Consultores Associados, manter os pés no chão é fundamental. O empreendedor precisa estar atento aos riscos e analisar quais as melhores opções de investimento. “Não se deixe levar pela emoção. Esteja alerta porque haverá dificuldades, mas o importante é ao errar, não desistir e recomeçar, caso haja necessidade. Além disso é importante analisar se vale a pena o investimento: crises econômicas passam e você deve pensar em formas de o seu negócio continuar existindo”, lembra.

Para empreender com sucesso, independente da situação, o empresário deve ser criativo e observar de que o mercado carece. É preciso estudar maneiras de destacar o seu produto. “Não precisa ser algo necessariamente novo, o importante é que o formato seja inovador. Mesmo que determinado produto ou serviço já exista, o empreendedor deve dar uma nova roupagem, por isso insisto em dizer, ser criativo nesse momento é fundamental”, reforça Rui.

Após a definição do segmento do mercado que irá atuar,   estudar o perfil do consumidor e o que eles esperam do seu produto. Tudo isso deve ser analisado de forma cautelosa. O contador recomenda também que o empreendedor tenha em mente que “em tempos de crise as pessoas tendem a controlar mais os gastos e evitam adquirir novos artigos, portanto seu negócio tem que unir a sua necessidade com a do cliente que está gastando menos”.

Por fim, uma dica essencial que pode parecer menos importante no calor das ideias, mas, para Rui Cadete, é basilar para o sucesso de um novo empreendimento: o cuidado com as finanças desde o início do negócio, e uma atenção especial na formação da equipe que fará parte desse projeto para ter as pessoas certas no lugar certo. “Muitas iniciativas obtêm sucesso e resistem a momentos difíceis por manterem a disciplina no controle financeiro. É preciso colocar todos os custos na ponta do lápis, ter o domínio sobre a saúde financeira do negócio, e ficar atento a todos os prazos estipulados pela legislação. Essa parte pode parecer difícil, mas se torna simples com o auxílio de um profissional especializado”, finaliza o empresário.

Tags:, , ,

A história de uma aposentada que encontrou no chocolate uma alternativa para viver.

Entre trufas e embalagens, para agradar clientes que desejam presentear com chocolates  nesse período natalino, que Edna Medeiros passa a maior parte do seus dias dando conta das encomendas.trufas

Essa foi a alternativa  que essa aposentada de 60 anos encontrou para preencher o tempo e ter uma renda extra.  Divorciada e mãe de duas filhas já encaminhadas na vida, ela conta que planejou um ano antes de se aposentar o que faria após o término de sua jornada de trabalho.

edna-so

Edna foi secretária de um colégio particular há mais de 25 anos, durante os dois turnos, além de ser funcionária pública numa escola no período noturno. Com esse ritmo de três expedientes e uma rotina bem intensa de responsabilidades, ela enxergou  o período de aposentadoria com muito cuidado para não entrar em depressão, a exemplo de outras pessoas.

Assim, ela viu em um sobrinho que produzia e vendia trufas para angariar recursos extras para uma viagem, uma alternativa na qual se identificou com o trabalho e, um ano antes de sair do colégio, já começou a a atividade, mesmo lentamente, para um ensaio e também para ir logo fazendo a clientela. E deu certo. Tem três anos que ela trocou o serviço burocrático das cadernetas pela formas de fazer a iguaria mais cobiçada do mundo.

O chocolate tem perfume de amor. As encomendas também trazem um bom papo e isso vai mantendo o negócio aquecido com novas amizades, diz ela que ainda conta com a ajuda da mãe de 92 anos. “O trabalho manual tem seu encanto e faz muito bem a mente”, finaliza Medeiros.caneca

Edna faz tudo na estrutura do próprio apartamento e conta com a ajuda valiosa de uma amiga de colégio, Arioene Dantas, ainda na ativa, mas que enxergou o negócio como uma maneira de reencontrar a amiga, e, sempre que pode, uma vez por semana, vai dar uma força na produção e coloca os assuntos em dia. “Isso me faz muito bem, a gente se dedica muito e passamos mais tempo no trabalho do que na própria casa, e faz muita falta, mesmo que seja cansativa a rotina, o ambiente do trabalho, faz falta” relata Arioene.

E assim, a cada festa comemorativa, ela cresce e reinventa outras possibilidades de agregar ao negócio, mesmo pequeno, com novidades, como a cesta de vinhos e também de café da manhã.

Trufas recheadas de vários sabores e chocolates recebem caixas e canecas decoradas e fazem a alegria de quem as recebem de presente.

Encomendas pelo contato 99817 4292

Tags:, , , , ,

@Sebraern seleciona empresas para 8ª edição da Feira do Empreendedor. Esse ano será na Ilha de Sant´Ana, em Caicó.

O Sebrae/RN abre edital para seleção de empresas expositoras da 8ª edição da Feira do Empreendedor no Rio Grande do Norte. Podem participar desde microfranquias, fabricantes de máquinas e equipamentos e até negócios inovadores na área digital.

As pré-inscrições vão até o dia 14 de setembro e o resultado será divulgado no dia 17. As empresas selecionadas terão direito a um estande de nove metros quadrados que vai compor os salões do evento, que, neste ano, será realizado na ilha de Sant’Ana, em Caicó, no período de 9 a 12 de novembro. A expectativa é que a Feira do Empreendedor mobilize em torno de 8 mil visitantes oriundos de municípios da região Seridó.

A Feira do Empreendedor 2016 vai ocupar uma área de 10 mil metros quadrados e visa capacitar 5,2 mil pessoas devido às 130 palestras que serão proferidas durante a programação. A estimativa é realizar 6 mil atendimentos. Estão programadas 50 caravanas com empresários de outras localidades que irão visitar a feira, que deve atrair pessoas interessadas em abrir um negócio, empresários que buscam diversificar, melhorar ou ampliar seu negócio, investidores em busca de novas oportunidades, jovens empreendedores e pequenos produtores rurais.

VejaLogo Feira do Empreendedor.Ilustração detalhes

Via Agência de Notícias SebraeRN

Tags:, , , ,

Empresa de ovos no Oeste Potiguar contabiliza bons resultados agregando consultoria do @sebraern

BOM DIA RN DESTACA GRANJA NO ALTO OESTE POTIGUAR

Ricardo e Adriana, empresários da granja

Ricardo e Adriana, empresários da granja

Casal investe em empresa de criação de galinhas de postura, localizada na Zona Rural de Marcelino Vieira, Oeste potiguar, e  já contabiliza resultados positivos no negócio,  graças à consultoria técnica do Sebrae/RN.

Ricardo Fernandes  e Adriana Lamartine dividem não só o gerenciamento do lar, como também compartilham a administração da granja Santo Antonio, desde 2010, idealizada para ser um bom investimento econômico e precisava de um apoio técnico, mas hoje, após adesão ao programa  Comércio Brasil desenvolvido pelo Sebrae,  os processos foram implementados com orientação da consultoria contratada e, em menos de um ano, já se pode mensurar números expressivos contemplados no plano de negócio.

Cyro Gurgel- Gerente do escritório regional do Alto Oeste

Cyro Gurgel- Gerente do escritório regional do Alto Oeste

A orientação da assessoria técnica, segundo os empresários, foi fundamental para o crescimento da empresa que desde outubro de 2015 mantém mensalmente a visita do consultor do Sebrae, André Barros que faz  o acompanhamento do cronograma de ação.  “O retorno do trabalho é visto através do quadro demonstrativo do primeiro quadrimestre (janeiro a abril) de 2016”, afirma  Barros que aponta em relação ao ano anterior,o crescimento das vendas de 11,4%;  o aumento de 22,3% de produção eainda uma redução de 13,7% da compra de ovos a terceiros como um excelente  resultado mapeado para, em breve, ter uma aumento na produtividade” completa o consultor.

 

André Barros, consultor do Sebrae /RN

André Barros, consultor do Sebrae /RN

A matéria também foi exibida no Inter TV Rural do último domingo, dia 12.

Confira o vídeo

 

Tags:, , ,

Mães empreendedoras dão a receita do sucesso, confira…

Mães dedicadas e com talentos revelados a partir da maternidade são as entrevistadas de Jussier Ramalho ao Bom Dia RN. Na matéria, a realização de mulheres que estão colocando a mão na massa e garantindo uma renda sem sair de casa, acompanhando assim, o crescimento de seus filhos.IMG-20160427-WA0067

Uma das personagens da matéria é a administradora Luana Gimenes que deixou o emprego quando deu a luz à sua filha Melissa e hoje enfeita com muita criatividade as cabecinhas de muitas crianças com tiaras e lacinhos.

Gostei das dicas e curto demais o Instagram @Luaemel_kidsIMG-20160427-WA0069

Para quem quiser conferir as lições das empreendedoras,  assista aqui ao vídeo

 

 

Tags:, , ,

Quer abrir seu próprio negócio? Confira os negócios promissores indicados pelo Sebrae

Escolher em qual área empreender não é tarefa fácil, ainda mais quando a economia mostra sinais de desaquecimento. Porém, mesmo em épocas difíceis e desde que  enxergue corretamente as possibilidades.

Para quem pretende começar a atuar no mercado ou mudar de ramo, confira a seguir a lista dos empreendimentos mais promissores para esse ano, elaborada pelo Sebrae para você investir no setor certo.

Via SebraeRN

Divulgação Sebrae

Divulgação Sebrae

Tags:, ,

Sebrae realiza 8ª Semana do Microempreendedor Individual. A meta é atingir 6 mil atendimentos no RN

Uma semana inteira de oportunidades gratuitas, entre palestras, oficinas, orientações e capacitações, para empreendedores de todo o Rio Grande do Norte. Isso é o que o Sebrae espera proporcionar com a 8ª Semana do Microempreendedor Individual (MEI), programada para ocorrer no período de 2 a 7 de maio. A meta é realizar cerca de 6 mil atendimentos e, para isso, a mobilização contará com pontos de atendimento em praça pública na capital e no interior do estado. O evento é promovido simultaneamente em todo o Brasil.

Divulgação

Divulgação

Dessa vez, serão montadas estruturas de tendas em três pontos. Um deles é, em Mossoró, na Praça da Independência, no Centro da cidade. Já em Natal os atendimentos serão feitos na Praça Gentil Ferreira, no bairro do Alecrim, como ocorre desde as primeiras edições da mobilização. A novidade, no entanto, é o ponto de atendimento na Zona Norte. As tendas serão montadas no estacionamento do Atacadão e devem suprir as demandas dos microempreendedores de uma das regiões mais adensadas da capital potiguar. Os atendimentos serão realizados das 8h às 17h.

A ideia do Sebrae é contribuir para o fortalecimento do MEI, com orientações e capacitações em gestão, planejamento, vendas e inovação. Serão ministradas oficinas do módulo SEI Tocar Minha Empresa e palestras abordando temas ligados à educação financeira e gestão.

Além desses locais, a equipe de técnicos do Sebrae também se reversará para atender também na sede e nos escritórios regionais do interior nas cidades de Apodi, Assú, Caicó, Currais Novos, João Câmara, Mossoró, Nova Cruz, Pau dos Ferros e Santa Cruz. Além disso, estão programadas ações itinerantes em diversos municípios da jurisdição de cada escritório. “A ideia é que possamos cobrir todo o estado, levando informação e capacitação para que os microempreendedores possam desenvolver seus negócios nesse grande mutirão em prol do empreendedorismo”, destaca a coordenadora da Semana do MEI no estado, Ruth Suzana Maia.

A ideia do Sebrae é contribuir para o fortalecimento do MEI, com orientações e capacitações em gestão, planejamento, vendas e inovação. Durante toda a semana, serão ministradas oficinas do módulo SEI Tocar Minha Empresa, que engloba as oficinas SEI Planejar, SEI Empreender, SEI Comprar, SEI Vender e SEI Controlar o Meu Dinheiro. Na parte de palestras, a grade traz temas ligados à educação financeira e também à gestão.

Nesta edição, um dos focos será na orientação quanto às obrigações do MEI e à possibilidade de perda dos benefícios. Por isso, microempreendedores poderão aproveitar a mobilização para regularizar pendências da empresa, como o preenchimento da Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-MEI), a emissão de boletos mensais do Documento de Arrecadação Simplificada (DAS-MEI), e alterações ou baixa do CNPJ. Quem ainda não é MEI e quer se formalizar também contará com a ajuda da equipe do Sebrae. Em caso de dúvidas, os técnicos estarão disponíveis para consultas e orientações empresariais.

Via Sebrae

Tags:, ,