A igreja comemora o Santíssimo Sacramento da Eucaristia hoje. #Saibamais

“A Festa de “Corpus Christi” é a celebração em que solenemente a Igreja comemora o Santíssimo Sacramento da Eucaristia; sendo o único dia do ano que o Santíssimo Sacramento sai em procissão às nossas ruas. Nesta festa os fiéis agradecem e louvam a Deus pelo inestimável dom da Eucaristia, na qual o próprio Senhor se faz presente como alimento e remédio de nossa alma. A Eucaristia é fonte e centro de toda a vida cristã. Nela está contido todo o tesouro espiritual da Igreja, o próprio Cristo.

A monstrance stands in the in the chapel of St. Jon's Seminary in Boston. Pilot photo by Gregory L. Tracy Oct. 4, 2004

A monstrance stands in the in the chapel of St. Jon’s Seminary in Boston.
Pilot photo by Gregory L. Tracy
Oct. 4, 2004

A Festa de Corpus Christi surgiu no séc. XIII, na diocese de Liège, na Bélgica, por iniciativa da freira Juliana de Mont Cornillon, (†1258) que recebia visões nas quais o próprio Jesus lhe pedia uma festa litúrgica anual em honra da Sagrada Eucaristia.

Aconteceu que quando o padre Pedro de Praga, da Boêmia, celebrou uma Missa na cripta de Santa Cristina, em Bolsena, Itália, ocorreu um milagre eucarístico: da hóstia consagrada começaram a cair gotas de sangue sobre o corporal após a consagração. Dizem que isto ocorreu porque o padre teria duvidado da presença real de Cristo na Eucaristia.

O Papa Urbano IV (1262-1264), que residia em Orvieto, cidade próxima de Bolsena, onde vivia S. Tomás de Aquino, ordenou ao Bispo Giacomo que levasse as relíquias de Bolsena a Orvieto. Isso foi feito em procissão. Quando o Papa encontrou a Procissão na entrada de Orvieto, pronunciou diante da relíquia eucarística as palavras: “Corpus Christi”.

Em 11/08/1264 o Papa aprovou a Bula “Transiturus de mundo”, onde prescreveu que na 5ª feira após a oitava de Pentecostes, fosse oficialmente celebrada a festa em honra do Corpo do Senhor. São Tomás de Aquino foi encarregado pelo Papa para compor o Ofício da celebração. O Papa era um arcediago de Liège e havia conhecido a Beata Cornilon e havia percebido a luz sobrenatural que a iluminava e a sinceridade de seus apelos.

Em 1290 foi construída a belíssima Catedral de Orvieto, em pedras pretas e brancas, chamada de “Lírio das Catedrais”. Antes disso, em 1247, realizou-se a primeira procissão eucarística pelas ruas de Liège, como festa diocesana, tornando-se depois uma festa litúrgica celebrada em toda a Bélgica, e depois, então, em todo o mundo no séc. XIV, quando o Papa Clemente V confirmou a Bula de Urbano IV, tornando a Festa da Eucaristia um dever canônico mundial.

Em 1317, o Papa João XXII publicou na Constituição Clementina o dever de se levar a Eucaristia em procissão pelas vias públicas. A partir da oficialização, a Festa de Corpus Christi passou a ser celebrada todos os anos na primeira quinta-feira após o domingo da Santíssima Trindade”.

Saiba mais no link   Editora Cleofas

Tags:, ,

A Eucaristia é um mistério de amor de Jesus! Bom dia de Albany Dutra!

Bom Dia a Todos!

O que eu recebi do Senhor foi isso que eu vos transmiti: Na noite em que foi entregue, o Senhor Jesus tomou o pão e depois de dar graças, partiu-o e disse: “Isto é o meu corpo que é dado por vós. Fazei isto em minha memória”. Do mesmo modo,  depois da ceia, tomou também o cálice e disse: “Este cálice é a nova aliança, em meu sangue. Todas as vezes que dele beberdes, fazei isto em minha memória”. Todas as vezes, de fato, que comerdes deste pão e beberdes deste cálice, estareis proclamando a morte do Senhor, até que ele venha.1 Cor 11,23-26.

Celebramos hoje a memória do Corpo e do Sangue de Cristo .A Eucaristia é um mistério de amor que Jesus nos deixou para recordarmos, diariamente, da sua paixão que nos cura e nos salva, da ressurreição que nos enche de fé e de esperança e da sua ascensão aos céus, morada que almejamos um dia chegar para contemplar a sua face. Para Cristo não existe tempo ou distância. Quando estamos com o coração aberto diante do altar Eucarístico, na hora da consagração, estamos nos transportando para o próprio calvário vivido por Cristo na Cruz. Podemos sentir o “cheiro do seu corpo e o odor do seu sangue” jorrando sobre nossas vidas como sinal de perdão, de cura e reconciliação.

Que nós, povo santo e pecador, escolhido e amado incondicionalmente por aquele que é o próprio Amor, creiamos na palavra que o próprio Jesus nos diz:”Aquele que comer do meu corpo e beber do meu sangue permanece em mim e Eu nele!” Essa permanente unidade com Jesus Cristo, nos faz ainda em vida, provar toda a experiência do céu aqui na terra. Ao provarmos Jesus Eucarístico, somos transformados de dentro para fora. Sentimos tudo mudar dentro da gente.O efeito é como aquela música que nos diz, antes mesmo de prová-lo:”Senhor quando te vejo, no sacramento da comunhão, sinto o céu se abrir e uma luz a me atingir, esfriando minha cabeça e esquentando meu coração…”É neste esquentar do coração que o Senhor vai nos curando e restabelecendo conosco a sua aliança de amor. Neste dia Santo, convido você batizado, que tem o sacramento da comunhão, a fazer a experiência com Jesus Eucarístico. Pois é através deste milagre de Amor, que alcançaremos todas as vitória sobre a nossa vida e a nossa dor.E como nos fala o Padre Lucas Teófilo diariamente na Santa Missa!” NO AMOR A EUCARISTIA ESTÃO AS VITÓRIAS DE CADA DIA!”.

Via Albany Dutra 26/05/2016EUCARISTIA

Tags:, ,