UFRN celebra a 30ª edição do Bloomsday.

Bloomsday em Natal

Há 112 anos, no dia 16 de junho de 1904, Leopold Bloom sai de casa e perambula pelas ruas de Dublin pensando em Molly. O dia trivial, escrito por James Joyce, é o centro do aclamado romance Ulysses, publicado originalmente em 1922. A data, escolhida pelo autor por marcar o dia em que saiu pela primeira vez com Nora, sua companheira de uma vida, foi apelidado de Bloomsday e é celebrado por fãs de literatura em diversos países.A festa maior é feita em Dublin. Lá, fãs se fantasiam e passeiam pelos cenários do romance, param no centenário Davy Byrnes Pub e fazem leituras da obra do cultuado autor.

Prof. irlandês, Dr. Bruce Stewart ao lado do reitor do UNIRN, Daladier Lima e a coordenadora do Bloomsday, prof, Ana Graça Canan

Prof. irlandês, Dr. Bruce Stewart ao lado do reitor do UNIRN, Daladier Lima e a coordenadora do Bloomsday,  Ana Graça Canan

Aqui em Natal,  o Bloomsday está em sua  30ª edição e foi idealizado pelo Prof. Francisco Ivan da Silva, do Departamento de Línguas Estrangeiras e, nos últimos cinco anos passou a ser coordenado pela Profa. Ana Canan e pelo Prof. Marcelo Amorim, doutores da UFRN.Canan 1

Hoje, uma atividade do Grupo de Pesquisa em Estudos Irlandeses criado em 2012. Esse ano conta com a participação dos alunos da turma de 2016 do curso de Letras/ Inglês do DLLEM que apresentarão alguns contos do livro ‘Os Dublinenses de James Joyce’, além da programação do folder. Os alunos trabalharam os contos na disciplina de Expressão Oral em Língua Inglesa I com o objetivo de desenvolver as habilidades comunicativas na língua-alvo.

O evento gera publicações anualmente.

Confira a programação que começou hoje e vai até a próxima quarta-feira, 15 de junho.Canan 2

 

 

Tags:, , ,