O Bom dia de Albany fala da caridade. Um bem maior para quem doa, do que para quem recebe. Emocionante!

Dê a cada um conforme tiver decidido em seu coração, sem pesar nem constrangimento; pois Deus “ama quem dá com alegria”. 2 Cor 9,7. Feliz é o homem prestativo e caridoso! Esta vida é breve meus irmãos! De que adianta juntar tesouros e bens terrenos, se ninguém nos garante estarmos vivos ao fim de cada dia! Por isso, vivamos a simplicidade de cada dia, partilhando e semeando:   amor,paz e alegria.

Não pode ser triste um coração que sabe partilhar, servir e amar a Deus nas pessoas! Ser caridoso não é fazer caridade esperando reconhecimento, ou contando para todo mundo aquilo que fez. Isso é vaidade das vaidades! Ser caridoso é fazer a obra de Deus acontecer através do silêncio! É ajudar a quem precisa, sem esperar nada em troca! O homem precisa deixar de ser ilha, para ser “favela”! Tudo junto e misturado!
Deixemos a ganância, a mesquinhez e o egoísmo de lado! Quem junta para si mesmo, nunca saberá o significado da gratidão, expressa num sorriso aberto, numa lágrima escorrendo pelo canto do olho, ou através de um abraço apertado! É preciso começar a praticar a caridade em casa. Quem é caridoso, se doa em gestos e palavras carinhosas em sua casa. E basta olhar para pessoa que você faz feliz, que Ela faz a leitura dos teus olhos, que lhe diz: “Eu hoje te dou o que tenho de mais precioso! O meu amor e o meu coração”!
Caridade é esse cultivar do amor de Deus, no solo frágil do coração do outro! As vezes, quem tem tudo, é mais carente de receber nosso amor, carinho, atenção…do que aquele que não tem nada, mas sabe viver na alegria, mesmo na falta do que está precisando, porque, isso não lhe é o essencial! ” Pois o essencial, que é o amor de Deus, é invisível aos nossos olhos!”!

Via Albany Dutra

Tags:, , , ,